sábado, 26 de dezembro de 2015

Secretário Clayton Noleto diz que ano foi positivo, apesar da crise

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, em visita na tarde de ontem a O PROGRESSO, fez um resumo das atividades desenvolvidas pelo órgão em 2015 e considerou que, apesar da crise, o saldo foi positivo. De acordo com ele, os quatro eixos nos quais direcionou as atividades da pasta este ano foram reforma e conservação de rodovias, restauração, pavimentação, programa “Mais Asfalto” e obras físicas. Os investimentos superaram os 40 milhões de reais. “Se não fosse a crise que nos pegou no momento em que fizemos o planejamento, poderíamos estar comemorando investimentos em infraestrutura em cem milhões de reais. Contudo, aproveitamos bem os recursos e trabalhamos em todo o estado, e onde nunca havia sido feito recuperação de rodovias, como em Lago da Pedra”, exemplificou.
Aqui na região, o secretário deu como exemplos a rodovia que liga Sítio Novo à BR-206, a rodovia da soja, a Estava do Arroz e a permanente equipe que mantém para atuar na Pedro Neiva de Santana. Anunciou para a semana que vem a assinatura do contrato com a empresa vencedora da licitação para a instalação da rede de iluminação em todo o trecho entre Imperatriz e João Lisboa. “Tenho atenção especial a esta rodovia, assim como a população, mantemos uma equipe permanente atuando para qualquer emergência no surgimento de buracos e também já licitamos a iluminação de todo o trecho entre Imperatriz e João Lisboa”, anunciou.
Clayton Noleto anunciou ainda que no final de dezembro todo o trecho da Estrada do Arroz, de 60 km, entre Imperatriz e Cidelândia, estará pavimentado, ficando para fevereiro a conclusão da obra após a construção das pontes.
O Mais Asfalto foi destacado pelo secretário na conversa com jornalistas de O PROGRESSO. Ele informou que o programa chegou em todo o estado e que as cidades que não foram beneficiadas este ano no ano que vem serão incluídas. “Um programa importante e que avançamos muitos em asfaltamento e vamos continuar incluindo cidades até fechar as 217 de todo o estado”.
Sucessão - Abordado sobre as declarações do presidente estadual do PDT, o deputado licenciado Weverton Rocha, de que a candidatura da odontóloga Rosângela Curado é irreversível e que espera a participação do PCdoB no projeto, Clayton Noleto, que é o presidente municipal do partido, foi claro ao afirmar que não pode ser desta forma a discussão. “Tivemos dez partidos no arco de apoio da eleição de Flávio Dino e não se pode exigir apoio a um único partido. E o respeito aos outros? Todos têm o direito legítimo de lançar candidato. Como excluir o Pastor Porto da discussão? Ele tem direito, sim. Mantemos relação muito boa com o PDT e converso com a Rosângela sempre, mas esta discussão ainda não está definida. Até as convenções mudaram a data, então é melhor deixar passar a água por baixo da ponte”, comentou.
Clayton Noleto disse que não está fechada a porta para que o PCdoB tenha um candidato a prefeito, mas que somente o tempo é que dirá quem seria o candidato do grupo, que ele espera seja único, não havendo divisão. “Ainda tem muita água para passar por baixo da ponte, é esperar no momento. Será discutido e encontrado o nome que possa representar o grupo político”.
Acompanhado na visita pelos deputados Sérgio Frota (PSDB) e Marco Aurélio (PCdoB), o vereador Carlos Hermes (PCdoB) e o jogador Arlindo Maracanã, que à noite participou do jogo de reinauguração do estádio Cafeteirão, jogando pelo Sampaio, Clayton, que viabilizou a partida amistosa, finalizou afirmando que Imperatriz terá, sim, uma mudança importante.
O deputado Marco Aurélio, que chegou depois da fala do presidente do PCdoB sobre a sucessão, ao ser questionado se é pré-candidato a prefeito, desconversou. “Sou candidato a fazer um bom trabalho para Imperatriz”. (Willian Marinho)
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly