sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

OAB: Thiago Diaz já “prepara o terreno” para não cumprir promessas da campanha eleitoral

Diego Emir
Thiago Diaz toma posse nesta quinta-feira (7), como presidente da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Maranhão, mas parece que ainda não desceu do palanque eleitoral e continua fazendo afirmações infundadas para atacar os adversários. A última declaração do advogado foi desinformando que a gestão Mário Macieira entregou a entidade com um débito de R$600 mil junto ao Conselho Federal da Ordem.


De acordo com um documento emitido no dia 28 de dezembro pelo presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, ele deixa claro que a CFOAB converteu a antecipação que fizera em 2014 de R$621.506,93 em auxílio financeiro para a OAB do Maranhão que nada deve e nada precisa pagar a CFOAB.

O novo presidente da OAB está tentando confundir a opinião pública e a classe dos advogados, além de tentar manchar a história e a gestão de Mário Macieira, que foi marcada por avanços, compromisso com a categoria e transparência.
IMG-20160107-WA0030
Na verdade muito mais que isso, Thiago Diaz inicia sua gestão usando a velha tática praticada por políticas de jogar para os antecessores responsabilidades para não colocar em vigor as promessas mirabolantes tão defendidas ao longo do ano de 2015.

Vale lembrar que Thiago Diaz prometeu conceder desconto de 50% na anuidade da OAB aos jovens advogados – aqueles que possuem menos de 5 anos de inscrição – que representam hoje metade dos profissionais inscritos no Maranhão. Para tanto, sabedores dessa proposta do novo presidente a antiga gestão de Mário Macieira nem emitiu os boletos das anuidades que vencem no dia 31 de março para que a nova direção faça da melhor forma que entender. Já evitando jogar a responsabilidade da não redução da anuidade para o ex-presidente Mário Macieira.

O que ocorre é que Thiago Diaz já vem demonstrando que não vai conseguir colocar em prática o que prometeu e quer jogar a responsabilidade para a gestão anterior. Muitas foram às promessas surreais, mas que acabaram caindo no gosto da classe dos advogados, principalmente dos mais jovens, os quais são mais vulneráveis ao discurso da renovação e mudança.

É preciso falar a verdade ainda mais quando se assume uma entidade tão séria e importante como a OAB, caso contrário Thiago Diaz pode cair rapidamente no descrédito da opinião pública e principalmente da classe dos advogados que se mantém esperançosa quanto ao cumprimento das promessas como redução da anuidade, desenvolvimento de escritórios virtuais, creches nos Fóruns etc.
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly