quinta-feira, 21 de abril de 2016

Ato do PDT do Maranhão defende a democracia

 Na tarde desta quarta-feira, 20, lideranças do PDT, e integrantes de movimentos da legenda, entre eles, Juventude Socialista, Ação da Mulher Trabalhista, Movimento Negro, e Movimento Popular de Ação e Cultura, parciparam, na sede do partido, de ato em defesa da democracia.

O evento, organizado pelo presidente do Diretório Estadual do PDT, no Maranhão, líder do partido na Câmara Federal, deputado Weverton Rocha, teve como objetivo agitar a militância pedetista para a defesa da democracia e contra qualquer tipo de golpe.

Segundo Weverton, o ato é um movimento de acúmulo de forças em defesa da Democracia e do Estado de Direito. "É aqui, na casa do PDT, que nós paramos, sempre, para nos reabastecer com o combustível da nossa utopia, que dá as condições de permanecer na luta", ressaltou. O parlamentar afirmou que continua na batalha contra o golpe. "Essa luta não é em defesa do PT e da Dilma. Estamos defendendo algo maior, que é a nossa Constituição Federal", concluiu.

O Secretário de Estado de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, destacou a atuação do parlamentar maranhense no processo de impeachment de Dilma Rousseff. "Nas horas de combate, de dificuldades, de enfrentamento, nós conhecemos os bravos, os fortes, aqueles que tem coerência, e nós conhecemos também àqueles que carregarão para sempre, consigo, a marca da covardia. pontuou.

Participaram do evento o Secretário de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres), Julião Amin, os deputados estaduais Rafael Leitoa, Fábio Macedo, os vereadores Osmar Filho, Ivaldo Rodrigues, Pavão Filho, Barbosa Larges, o Secretário Municipal de Desportos e Lazer, e o pré-candidato a vereador, Raimundo Penha. 

PCdoB homenageia deputados maranhenses que votaram contra o impeachment.

O governador Flávio Dino (PCdoB), em ato do Diretório Estadual do PCdoB, na Assembleia Legislativa do Maranhão, homenageou, com a entrega de placas, os parlamentares que votaram contra o processo de impeachment.

Na ocasião, Dino justificou a homenagem concedida aos deputados maranhenses. "Ali, nos 30 segundos entre o deputado ser chamado e ir até o microfone, o mais fácil era votar com a maioria, mesmo contra a própria opinião, como sei que muitos fizeram", declarou.

Ao receber a placa, o deputado Weverton lembrou do episódio da cassação de Jackson e pediu desculpas aos familiares do ex-governador pedetista. "Os que foram a Brasília articular votos a favor do golpe são os mesmos que aprenderam os caminhos para voltar ao poder sem passar pelo voto popular", disse. 











# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly