quinta-feira, 7 de abril de 2016

Professores de Imperatriz voltam fazer protesto e cobram reajuste salarial


Na manhã desta quinta-feira (07), os professores de Imperatriz fizeram uma grande manifestação reivindicando o reajuste de salário, desta vez foi na frente da câmara de vereadores de Imperatriz.
Esta já e a segunda manifestação feita pelos professores, a anterior os professores usaram a praça de Fátima onde fizeram até enterro simbólico do Governador Flávio Dino com uma urna funerária.
Segundo o professor Francenilson que é conselheiro região do Sinproesemma, o professor alega que neste governo já houve redução da carga horaria tirando deles uma renda melhor, Francenilson elencou várias reclamações contra o governo e a direção estadual do sindicato, segundo ele a cúpula do sindicato estadual está de conluio com o governo do Estado ele citou o presidente estadual Júlio Pinheiro e o vice-presidente Professor e vereador Carlos Hermes ambos filiados ao PCdoB.

Os professores têm a data base de reajuste no dia primeiro de janeiro de cada ano, garantido pelo estatuto dos servidores da educação, Francenilson falou que, o governo federal já repassou o valor para o reajuste de 11.36% e governo do estado não se manifesta em dizer quando vai dá o reajuste salarial para os professores, essa situação só faz com que o nosso movimento cresça a cada dia, os professores só ver o governo dizer que está em diálogo e não sentam na mesa para dizer quanto vai da de reajuste se 3% ¨6% 9% eles não dizem nada é diálogo... diálogo! E nada resolve, a nossa classe quer uma posição do governo quando vai dá o nosso reajuste de 11.36% não da mais para esperar, várias prefeituras já deram esse reajuste de 11.36% para os professores da rede municipal aqui em Imperatriz a prefeitura só deu 9% mais deu. O professor e vereador Carlos Hermes vem fazendo um bom trabalho como legislador, mas como vice-presidente estadual do nosso sindicato tem deixado a desejar, ele não comparece em nossas assembleias regionais. 
O vereador Carlos Hermes(PcdoB), vice-presidente estadual do sindicato, atacado por alguns colegas em sua defesa ele afirmou que já participou de três reuniões em São Luís tratando deste assunto em defesa deste reajuste, segundo o vereador os ataques vem por parte de uma pessoa que é pré-candidato a vereador e que está havendo muito oportunismo por ser um ano eleitoral, e que, o governo está errando em não marcar uma data para da o reajuste, mas que ele estar trabalhando para que este reajuste vem acontecer logo.

O vereador afirmou que não participará de manifestações dessa forma e que vai sempre praticar a civilidade, e que, o governo está com dificuldade em seu orçamento a crise econômica fez com que, uma queda do FPE fundo de participação estadual que complementa o FUNDEB, e se der agora não vai puder cumpri, Carlos Hermes ainda informou que o governo quando der o reajuste será pago com o retroativo ao mês de janeiro, Carlos Hermes deixou claro que não fala pelo governo, mas sim pelo sindicato. E que o governo já pensa em cortar verba em outras áreas para poder da o reajuste.

# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly