quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Câmara de Vereadores repudia homofobia, afirma presidente da Casa

Carlos Gaby
A Câmara de Vereadores de Imperatriz não aprova, apóia ou compactua com ações, gestos e declarações homofóbicas e respeita os princípios constitucionais de religião, credo, cor e opção sexual de qualquer cidadão.

A afirmação é do presidente da Casa, José Carlos Soares, ao ser questionado por jornalistas e cidadãos sobre declarações homofóbicas do pastor Clébis Bandeira durante a participação deste na sessão solene de abertura do ano legislativo de 2017, na manhã desta quarta-feira, 1º de fevereiro, no Plenário da Câmara.

José Carlos esclareceu que o pastor foi convidado, como em outras ocasiões, “para ministrar a palavra de Deus”, representando as várias denominações evangélicas e “a comunidade cristã em geral de Imperatriz”.

“Não apoiamos e repudiamos qualquer declaração ou ação homofóbica. Todos os brasileiros têm opção de credo e religião garantidos pela Constituição. Respeitamos este princípio. Ao mesmo tempo, a Constituição diz que o Estado brasileiro é laico, por isso devemos respeitar e seguir também este princípio. Não podemos concordar com qualquer tipo de discriminação. Estamos em um Estado Democrático de Direito e desrespeitá-lo seria um retrocesso”, afirmou o presidente.

José Carlos também repudiou o posicionamento do pastor em sua “pregação” contra a realização do Carnaval, a maior festa popular do Brasil, em Imperatriz.

“Sobre esta outra declaração, respeitamos a nossa Constituição, que resguarda a preservação de nossa memória e manifestações culturais, nosso patrimônio material e imaterial e as tradições de nosso povo”, finalizou.

# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly