sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Vereador Coquim notificará VLI para construção de viaduto ferroviário em Davinópolis

O vereador-presidente da Câmara Municipal de Davinópolis, Raimundo Nonato de Almeida Santos (PRB), o Coquim, avisou ontem que notificará na próxima semana a VLI (Valor da Logística Integrada), concessionária de transporte ferroviário, no trecho entre Açailândia e Palmas, para viabilizar a construção de um viaduto ferroviário sobre a rodovia que liga Davinópolis a Imperatriz.



Ele contestou ainda a instalação da cancela eletrônica ferroviária, na altura da barreira da Polícia Militar, que poderá causar sérios transtornos à população davinopolitana, caso o equipamento seja colocado em funcionamento pela VLI.


“Na estrada vicinal de acesso ao povoado Centro dos Carlos, em João Lisboa, a VLI construiu um viaduto ferroviário. Vamos formar uma comissão de três vereadores para reivindicar a VALE que faça esse viaduto em Davinópolis”, asseverou ele, que empunhará como bandeira de luta a pró-construção do viaduto ferroviário na estrada de Davinópolis-Imperatriz.



O vereador Orlando Cunha da Silva (PCdoB), o Silas, lembrou que chegou a encaminhar à secretária Francília Cutrim, da VLI, requerimento solicitando a concessionária à construção de um elevado ferroviário na estrada Davinópolis-Imperatriz. “Ela alegou na época que a empresa não dispunha de condições para construir esse elevado, pois custaria em média R$ 5 milhões de reais”, ressaltou.
O vereador-presidente Coquim considera arriscada a travessia da estrada ferroviária Norte-sul, devido ao perigo de assaltos, fato registrado nestes últimos meses na rodovia. E diz ainda que testemunhou acidentes e pacientes transportados em ambulâncias em situação de emergência agonizam na espera das locomotivas que bloqueiam a travessia pela rodovia estadual.
 
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly