quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Vereadores apuram denúncias no Socorrão


Uma comissão de Câmara de Vereadores, liderada por membros da Comissão de Saúde, visitou no final da tarde desta terça-feira, 7, as instalações do Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) para verificar de perto a situação do hospital e apurar denúncias sobre a ausência de medicamentos, falta de vagas na UTI e as péssimas condições de conservação do prédio.


No Socorrão, os vereadores visitaram a farmácia e outros cômodos e conversaram com médicos, funcionários e pacientes.

Os vereadores também visitaram o Hospital Infantil (Socorrinho), onde há denúncias de faltas de vagas nas UTI´s.

A visita foi definida na sessão da manhã desta terça, após a Mesa Diretora e vereadores receberem uma série de denúncias sobre o funcionamento do hospital, o único de urgência e emergência mantido pelo Município.

“A gente sabe que a demanda da saúde não espera. Vamos sentar com o prefeito e o secretário de Saúde para pedir que o problemas seja resolvido”, informou o vereador Pedro Gomes (PSC).

Carlos Hermes (PCdoB) disse que recebeu denúncia sobre a a precariedade no fornecimento de alimentação. “Recebi a confirmação de que quinta-feira e domingo da semana passada serviram só arroz com linguiça”, afirmou.

Para o vereador Fábio Hernandez (PSC), a Câmara e a Prefeitura devem mobilizar os deputados das bancadas federal e estadual

para colocarem emendas diretamente para o Socorrão. “Sabemos que há faltas de vagas nas UTI´s adulta e infantil, mas também podemos ajudar com nossas emendas individuais”, justificou.

Alberto Souza adiantou que a comissão irá preparar um parecer a ser encaminhado à Mesa Diretora e a Prefeitura. Segundo ele, “está na hora de sair do discurso e partir para a prática”.

O vice-presidente da Comissão de Saúde, Ricardo Seidel (Rede), relatou que foi constatada a falta de medicamentos básicos, curativos, papel higiênico, alccol gel, “matérias básicos pra se fazer procedimento básico na urgência e emergência”.

Seidel revelou que a Comissão de Saúde vai, de imediato, fazer um relatório com todas as solicitações para que a Câmara Municipal possa se posicionar rapidamente, inclusive levando o caso ao conhecimento do Ministério Público.

O vereador Rildo Amaral (Solidariedade) solicitou relação de medicamentos e constatou que alguns ainda faltam na farmácia. A alegação era de que os fornecedores ainda providenciaram a entrega porque a “lista era muito grande”.

Participaram da comissão os vereadores Ricardo Seidel, João Silva, Ditola, Irmã Telma, Bispo Eudes, Pedro Gomes, Bebé Taxista, Adhemar Freitas Júnior e Maura Barroso.

Visita à CPL 


A comissão também fez visita técnica à Comissão Permanente de Licitação (CPL) do Município para colher informações sobre a disponibilidade do governo em resolver logo processos licitatórios que contemple o Município com serviços de infraestrutura e recursos para a saúde.
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly