quarta-feira, 5 de abril de 2017

Vereador Carlos Hermes cobra instalação de abrigos em paradas de ônibus

Clarícia Dalla/Assessoria
Os usuários do transporte coletivo em Imperatriz ainda enfrentam o problema da falta de abrigo nos pontos de ônibus, principalmente nas regiões mais afastadas do centro da cidade. Das poucas estruturas que ainda existem, a maioria não tem eficiência, pois as pessoas se molham quando chove, os assentos esquentam muito por causa do sol, e, dependendo do horário, a estrutura não protege as pessoas dos raios solares. A paradas de ônibus que existem acabam se tornando bons espaços para publicidade, mas não protegem de fato os passageiros.


Na manhã de quarta-feira (05), durante sessão ordinária na Câmara Municipal, o vereador Prof. Carlos Hermes (PCdoB) indicou ao prefeito Assis Ramos e ao secretário municipal de Trânsito e Transportes, Leandro Costa, a construção de mais abrigos nas paradas de ônibus por toda a cidade. O objetivo é proporcionar aos estudantes e à população em geral que utiliza o transporte público um maior conforto e comodidade no período chuvoso e para se proteger do sol.

Durante a sessão o parlamentar relembrou ainda a denúncia que fez em abril de 2014, enquanto os usuários de ônibus ficavam expostos ao sol e chuva, na Secretaria de Trânsito e Transporte (Setran) encontravam-se as estruturas de 150 paradas de ônibus amontoadas e expostas ao tempo. As estruturas metálicas foram compradas pela prefeitura no ano de 2013, gestão do então prefeito Madeira e secretário de trânsito, Cabo J. Ribamar. Sobre essa situação Carlos Hermes recordou: “O que o secretário na época apresentou foi a justificativa de que houve problema na licitação, que aquelas paradas não estavam adequadas para aquilo que foi solicitado na licitação e falou que teria uma nova licitação, o certo é que nunca houve uma nova licitação e a cidade permanece sem seus abrigos nas paradas de ônibus”. A indicação foi aprovada por todos os vereadores presentes.

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2015 Todos os direitos reservados.
Produzido por
Dicamax Tecnologia e Comunicação