sexta-feira, 26 de maio de 2017

Pedreiras sedia com grande público o II seminário sobre a revitalização dos rios maranhenses


O segundo seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes” repetiu o grande sucesso do primeiro e atraiu um grande público para o auditório da Faculdade de Educação São Francisco- FAESF, em Pedreiras, nesta última sexta-feira (26). O evento foi organizado pelo Instituto Cidade Solidária e senador Roberto Rocha (PSB), com co-realização do Movimento Ensinando e Aprendendo (MEA). 

Durante toda a manhã, o público presente - representado por centenas de pessoas de toda a região do Médio Mearim - pôde prestigiar e interagir com especialistas na área de sustentabilidade ambiental, que debateram e apresentaram projetos e estratégias para a recuperação das bacias hidrográficas do Maranhão. Entre elas, o diretor geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), Angelo Guerra, que foi a Pedreiras -- a convite do senador Roberto Rocha (PSB) -- para participar do seminário e, também, para conhecer de perto os problemas da barragem do Rio Flores, que necessita passar por um processo urgente de restauração.

Entre as autoridades presentes na cerimônia estavam o Senador Roberto Rocha (PSB); o prefeito de Pedreiras Antônio França; presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, Bruno Curvina; Sebastião Madeira-- ex-prefeito de Imperatriz; Angelo Guerra – diretor geral do DNOCS; Arli Bezerra – presidente da Associação Comercial e Industrial do Agronegócio de Trizidela do Vale; Marco Aurélio Diniz-- diretor de Desenvolvimento da Área de Infraestrutura e Irrigação da CODEVASF; Márcio Coutinho -- presidente do PRTB-MA e José Filho Ivo -- secretário executivo do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim.

Em seu discurso, na abertura do evento, o senador Roberto Rocha falou da sua preocupação com os graves problemas dos rios do estado, que estão perecendo por falta de cuidados. “O Maranhão é um estado abundante em riquezas naturais, portanto, estamos hoje aqui para dizer que estamos lutando junto aos órgãos federais competentes, para trazermos obras para a recuperação de todos os rios do nosso estado, pois eles não têm cor partidária, eles são de todos nós”, disse o senador.

Ele aproveitou para enumerar algumas ações do seu mandato que irão promover obras e projetos de recuperação das bacias hidrográficas maranhenses. Lembrou que foram comprados 15 milhões em equipamentos como dragas, escavadeiras hidráulicas, entre outras máquinas que serão usadas no trabalho de desassoreamento dos rios.

Quem também compartilhou da mesma preocupação que Roberto Rocha em relação aos problemas dos rios maranhenses, foi o anfitrião do evento, o prefeito de Pedreiras, Antônio França Sousa. Ele elogiou a iniciativa do seminário e ressaltou a importância das parcerias para revitalização da bacia do Mearim. “Temos que buscar maneiras que possam nos dar suporte, para que possamos trabalhar com mais efetividade e muita urgência na recuperação dos nossos rios”, disse. 

Após o pronunciamento das autoridades, a programação seguiu com a apresentação de dois poemas, que foram declamados pelas senhoras, Fátima Lisboa e Elza Brito, alunas do Curso de Formação Continuada da Universidade Aberta Intergeracional (UNABI), programa da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). 

Atividades técnicas

As atividades técnicas do seminário, iniciaram-se com a apresentação de duas palestras com especialistas em ecossistemas. A primeira foi proferida pela chefe da Unidade Regional de Meio Ambiente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Ericka Cunha, que explanou sobre o Planejamento da Codevasf Para a Bacia Hidrográfica do Mearim. Houve momento para questionamentos dos ouvintes, onde foram levantados temas importantes sobre a verdadeira eficácia dos órgãos públicos na solução dos problemas das bacias maranhenses.

A apresentação de Ericka Cunha foi coordenada pelo secretário executivo do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Mearim, José Filho Ivo, que reconheceu a relevância do evento para o desenvolvimento do Comitê. “As propostas que o seminário nos apresenta na área ambiental, só vêm fortificar o nosso trabalho e vai nos dar-- cada vez mais--, o ânimo para continuarmos trabalhando na preservação do nosso rio Mearim”, ressaltou o secretário.

Já a segunda palestra, que teve como tema “Bacia do Mearim- Sua Importância e Proposta Para a Sua Revitalização”, foi proferida pelo prof. Antônio Lopes do Bonfim neto- chefe do Departamento de Ciências Agrárias da Universidade Estadual do Maranhão- Campus Bacabal. Na sua apresentação, ele mostrou um diagnóstico da Bacia Hidrográfica do Rio Mearim, e relatou alguns problemas que estão contribuindo para a sua degradação, bem como as ações necessárias para reverter o problema. 

Alimentos

Ainda na FAESF, em pedreiras, após o evento, o senador Roberto Rocha e o presidente do Instituto Cidade Solidária

, Marcelo Caio, fizeram a entrega dos alimentos não perecíveis que foram arrecadados no seminário. Eles foram doados para a Igreja Católica de Trizidela do Vale, representada pelo frei Vando Oliveira.
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly