sexta-feira, 2 de junho de 2017

Motoristas reclamam de atendimento do Ciretrans

Quando o cidadão precisa resolver pendências da Carteira Nacional de Habilitação (CHN), veículos e infrações no trânsito, é necessário que ele procure o Departamento Estadual de Trânsito, o Detran-MA. No Ciretrans de Imperatriz, os cidadãos têm reclamado que a fila para atendimento é muito demorada e falta espaço no local.


É o caso do Sr. Antônio, que comprou uma caminhonete em fevereiro deste ano. Até a semana passada, o veículo ainda estava no nome do antigo proprietário. O motivo foi que na hora de passar pela vistoria, mesmo com todas as taxas pagas, ele não foi atendido. Segundo seu Antônio, o funcionário se negou a olhar o carro porque estaria sujo.

“Eu queria saber o porquê de simplesmente o funcionário não ter a competência de concluir seu serviço por completo. Eu me senti lesado, tenho que gastar mais por um serviço que poderia ter livrado o dinheiro gasto”, disse o autônomo Antônio Cordeiro.

Antônio precisou pagar para um despachante mais de quinhentos reais. A solução foi fazer o serviço por fora.

Já o vendedor José Evangelista diz que a falta de sistema do Ciretrans é constante, e conta que está quase desistindo. “Já vim resolver meu problema várias vezes, mas sempre está sem sistema. Eu moro em outro município e tenho que voltar correndo para o serviço. É difícil”, lamenta ele.

A Ciretrans – em Imperatriz – atende aos seguintes municípios: Amarante do Maranhão, Buritirana, Carolina, Cidelândia, Campestre do Maranhão, Davinópolis, Feira Nova do Maranhão, Governador Edson Lobão, Imperatriz, João Lisboa, Montes Altos, Porto Franco, Ribamar Fiquene, São João do Paraíso, São Pedro da Água Branca, São Pedro dos Crentes, Senador La Roque, Sítio Novo, Vila Nova dos Martírios.
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

Galeria de Fotos

 
Copyright © 2013 Blog da Kelly