Imperatriz vence Sampaio e assume a vice-liderança do Maranhense - Blog da Kelly

Publicidade Top

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Imperatriz vence Sampaio e assume a vice-liderança do Maranhense

Dever cumprido para o Imperatriz com a vitória por 2 a 0, contra o Sampaio, na noite deste sábado (17), no Estádio Frei Epifânio, pela quarta rodada do Estadual. O resultado deixa o Cavalo de Aço com sete pontos, na vice-liderança, ao menos até os jogos de domingo (18), e o Sampaio se mantém líder com os mesmos sete pontos, mas com um gol a mais de saldo.


Numa mudança total de comportamento, se comparado com o time que enfrentou o São José no dia 3 de fevereiro e perdeu por 2 a 1 de virada, o Imperatriz recebeu o então líder e invicto Sampaio disposto a vencer sob pena de se complicar na competição.

Na reestreia do treinador Vinicius Saldanha, o Imperatriz entrou em campo motivado e empurrado pela torcida após uma semana de treinamentos intensos e muita conversa. A diretoria do clube, também, conseguiu mobilizar a torcida para o que rebatizou como o “maior clássico do Maranhão”.

Quando a partida começou o Sampaio tentou impor seu ritmo de jogo, mas o Cavalo de Aço estava fechado e partindo para cima do adversário. Somente aos 26 minutos, o Imperatriz conseguiu furar o bloqueio da zaga Tricolor com um golaço do atacante Kanu, que aproveitando uma falha do lateral Nonato, tomou a bola e avançou pela esquerda e chutou cruzado do canto esquerdo da grande área. A bola entrou na gaveta. 1 a 0.
O Sampaio tentou dar a resposta, mas o primeiro tempo terminou com a vantagem cavalina. Na etapa final, com a orientação do treinador Francisco Diá, que foi substituído por um auxiliar no banco, o Sampaio voltou com duas mudanças: Erick foi substituído por Willian e Marcelinho deu lugar a Marlon.

O Tricolor melhorou e foi para cima, mas o Cavalo se mantinha com a mesma pegada do primeiro tempo. Pouco depois, Fernando Sobral entrou no lugar de Silva.

Mesmo com a vitória parcial, Vinicius Saldanha tratou de manter o nível do time. O estreante Zé Neto cansou e foi substituído pelo meia-atacante Adauto, autor do segundo e, também, bonito gol, aos 22 do segundo tempo.

Numa bola quase no meio campo, Adauto se livrou de dois oponentes e chutou no ângulo para ampliar num gol antológico. Isso foi instantes depois de sua entrada.
Com objetivo de fechar o meio campo e melhorar o sistema defensivo, Kaká entrou no lugar de Taynan e Kanu, também, cansado, deu lugar a Yerien, um jogador rápido bom para jogadas de contra-ataques.

O Imperatriz, ainda, perdeu gols com Mateus Ferreira e o Sampaio chegou a assustar uma vez. O goleiro Andrey, do Sampaio, também fez grandes defesas. Mesmo com o placar de 2 a 0, os jogadores estavam chutando a bola para fora, gesto que foi aplaudido pela torcida.

A partida se estendeu até os 50 minutos, mas o resultado se manteve para a alegria dos torcedores que comemoraram a primeira vitória em casa que bateu três recordes de uma só vez: acabou o jejum de vitórias, levou o time a vice-liderança e, ainda, quebrou a invencibilidade do Sampaio tido como o “bicho papão” do campeonato porque até a partida de hoje era líder em três competições.

O Sampaio terminou o jogo com dez jogadores porque Fumaça fez falta feia em Kaká e foi expulso. Os jogadores do Sampaio saíram de campo reclamando de cansaço.

(Foto: A. Pinheiro)

Publicidade Rodapé