Arte do grafite vai colorir principais pontos de Imperatriz - Blog da Kelly

Publicidade Top

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Arte do grafite vai colorir principais pontos de Imperatriz

Para valorizar os pontos turísticos da cidade, a Casa do Hip Hop vai percorrer locais e colorir espaços nos próximos dias. Arte da grafitagem começou pelo viaduto e deve ficar pronta em 20 dias. Mantida pela Prefeitura de Imperatriz, com sede no Recanto Universitário, Vila Fiquene, iniciativa é coordenada pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, Sedel, atua na inclusão social de crianças e adolescentes.

Segundo o coordenador do projeto, professor Deysyve Costa, as imagens produzidas irão retratar a história de Imperatriz. A grafitagem no viaduto compreenderá três etapas, a de limpeza, devido a quantidade de cartazes colados na parede da estrutura, a "riscação", com os primeiros traços do que será elaborado e, finalmente, a pintura, que deve começar nesta quinta-feira, 17.

“Quero agradecer em nome de todos os que estão envolvidos nesse projeto, a todos pela oportunidade, pelo espaço, representados pelo prefeito Assis Ramos e a secretária de Esportes, Greycivane Lindoso. Sem eles, isso jamais estaria sendo desenvolvido” - enfatizou.

A primeira igreja, as ruas históricas, a ponte Dom Affonso Felipe Gregory, o padre Frei Manoel Procópio, fundador de Imperatriz, entre outras características locais serão utilizados como referência para as imagens grafitadas. Além da fauna e flora da Região Tocantina, bem como o dia a dia dos moradores.
Arte do grafite vai colorir principais pontos de Imperatriz
Atualmente, são 360 jovens atendidos pelo projeto, que congrega a Vila Fiquene e Vila Nova, com esporte, arte e cultura. A secretária Greycivane Lindoso, é uma das incentivadoras da Casa do Hip Hop. "Estou muito feliz e com o sentimento de que o nosso dever de inclusão está sendo feito dentro do que foi planejado, desde sua criação. A caminhada para chegar a culminância dessa arte foi árdua" - afirmou.

Referência no grafite

Entre os professores que fazem parte do projeto, há a presença do professor imperatrizense Antônio Paulo Sousa, que segundo Deyvyze Braw, é um dos maiores do Brasil. Foi ele que grafitou o parque temático Beto Carrero World (SC) e vários pontos turísticos da capital Goiânia, onde mora há 15 anos, e é conhecido como "Paulo Grafiteiro".

"É uma honra grafitar minha própria cidade, pois foi em Imperatriz, que nasci e me criei. Tudo nesse vida tem dois lados e na nossa área não é diferente. Tem o grafite que faz apologia ao crime, que é o lado ruim, e o que faz apologia a paz, o lado bom”, enfatizou.



O professor de dança e grafiteiro Edson Sousa, o "Nego Drama", também faz parte da equipe do projeto Casa do Hip Hop. Ele fez um apelo para que pessoas não coloquem mais cartazes nos pontos turísticos locais. "Vamos tirar o viaduto do cinza para o grafite. Aproveitar e deixar um recado com o nosso grafite, contra esse problema de colocação de cartazes em locais públicos, que deixa a cidade feia".

Publicidade Rodapé