Ataque dos Sarney às Capelanias é medo de perder segunda vaga do Senado - Blog da Kelly

Publicidade Top

sábado, 5 de maio de 2018

Ataque dos Sarney às Capelanias é medo de perder segunda vaga do Senado

Os pesados ataques do império midiático de José Sarney aos capelães das Forças de Segurança do Maranhão tem um alvo e é motivado por interesses políticos. Trata-se da pré-candidata ao Senado Eliziane Gama, forte liderança no meio evangélico em todo o estado.

Como sabe que é praticamente impossível fazer os dois senadores nas próximas eleições, a oligarquia Sarney trabalha para garantir pelo menos um nome que represente o grupo no Senado Federal após as eleições de outubro. Para isso, mira a sua artilharia midiática contra o público da deputada Eliziane Gama, líder nas pesquisas até o momento, no intuito de enfraquecê-la.

A estratégia visa embolar a corrida pelo Senado Federal. Historicamente no Maranhão, todos os governadores que venceram o primeiro turno das eleições conseguiram eleger os seus senadores. Como Flávio Dino caminha para uma reeleição em primeiro turno, a oligarquia Sarney se desespera para que ele não eleja os dois senadores em 2018.

Principalmente tendo na disputa o deputado federal Sarney Filho, uma espécie de questão de honra para o grupo oligárquico conseguir fazê-lo senador. Para isso, até mesmo sua irmã Roseana está sendo sacrificada como candidata ao governo. Perder com os dois filhos seria um trágico fim de carreira política para o oligarca José Sarney.

E é por isso que todas as armas agora estão apontadas para desgastar o público evangélico, o principal de Eliziane Gama. Ancorado pela TV Mirante, o império midiático da oligarquia Sarney trabalha dia e noite para atacar os capelães do Sistema de Segurança do Maranhão, em um ato de completo desrespeito religioso.

Publicidade Rodapé