UemaSul celebra convênio com a Rede Amazônica de Ensino de Ciências e Matemática - Blog da Kelly

Publicidade Top

sábado, 17 de novembro de 2018

UemaSul celebra convênio com a Rede Amazônica de Ensino de Ciências e Matemática

A Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul) assinou um termo de adesão ao Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática (PPGECEM). Com a adesão, a UemaSul passa a integrar a Rede Amazônica de Ensino de Ciências e Matemática (REAMEC), se juntando a outras 27 universidades da Amazônia Legal Brasileira.
Para a assinatura do convênio o coordenador do polo da Universidade Federal do Pará (UFPA-REAMEC), Licurgo Peixoto de Brito se reuniu com diretores de curso e com a gestão superior, para apresentação do programa. "Para se candidatar, o professor tem que atuar nas licenciaturas em Ciências e Matemática, por isso fiquei muito satisfeito quando vi o potencial da UemaSul para participar da Rede. Já tinha conhecimento da oferta dos cursos, mas aqui tem praticamente o 'conjunto completo', que será completo quando iniciarem o curso de Ciências Naturais."
O programa oferece doutorado para docentes que já atuem nas licenciaturas de Ciências e Matemática, considerando que a melhora dos indicadores da educação básica tem ligação direta com a qualidade da formação dos professores. Para isso, a especialização dos formadores é essencial, que poderão contribuir na formação continuada de profissionais da educação.
A Pós-Graduação é apresentada como o início de um efeito cascata: dentre os objetivos, está a formação de 150 doutores em Ciências e Matemática até 2020, o que possibilitará a implantação de pelo menos um Mestrado em Ciências e Matemática em cada um dos nove estados da Amazônia Legal Brasileira até o mesmo ano.
A UemaSul oferece cinco dos cursos contemplados pelo PPGECEM, que são as licenciaturas em Química, Física, Biologia, Matemática e Pedagogia. A licenciatura em Ciências Naturais é o sexto curso envolvido pelo programa, que será oferecido no campus de Estreito a partir de 2019.
"A alfabetização numérica é tão importante quanto o letramento. Se a alfabetização ensina a ler o mundo pelas palavras, a alfabetização numérica ensina a ler o mundo através dos números. Para isso, precisamos de docentes qualificados para atuarem nas licenciaturas, apresentando metodologias e fundamentos para o ensino de Ciências e Matemática, desde o início do aprendizado destas disciplinas", acrescentou Expedito Barroso, vice-reitor da UemaSul. (Secap)

Publicidade Rodapé