Veja a ‘cara’ dos assaltantes do Banco do Brasil em Bacabal - Blog da Kelly

Publicidade Top

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Veja a ‘cara’ dos assaltantes do Banco do Brasil em Bacabal


polícia já conseguiu identificar os presos e mortos na ação realizada na noite desta segunda-feira (3) em Santa Luzia do Paruá, que flagrou um caminhão com 13 assaltantes fortemente armados e parte do dinheiro roubado do Banco do Brasil de Bacabal na semana passada. Houve confronto, que resultou na morte de três homens e deixou três feridos.

Durante coletiva nesta manhã, na sede da SSP-MA, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela disse que houve reação por parte dos bandidos durante a ação policial. “O melhor que todos eles fizeram foi se entregar. Os três primeiros, que quiseram testar a polícia do Maranhão, receberam o atendimento adequado dentro da lei. No Maranhão, ou o bandido se entrega ou ele tomba”. Disse.

Assaltantes identificados, faltam dois, desses presos e mortos na noite de ontem (03).

Os assaltantes identificados são, Alexandre Gomes de Moura (natural de São Paulo); Ricardo Santos de Souza, vulgo “Ricardinho” – o mais violento do bando -, conhecido por ser de ação letal, (natural de São Bernardo do Campo – SP) e usa o nome falso de Pablo da Silva Gomes; Vagner Cesár de Almeida (natural de São Paulo); Geusimar Venâncio de Oliveira, vulgo “Sardinha” (natural de São Paulo); Robson César Ferreira (Natural de São Paulo); Arthur Silva Santos, (natural Paraisópolis-SP); José Eduardo Zacarias Barboni(natural de Jabaquara-SP); George Ferreira Santos, vulgo “Capenga” (natural do Morro do Chapéu, Salvador – BA); Derli Luiz Gilioli (natural do Paraná); Valdeir Carvalho Santos, vulgo “Velho ou Coroa” (natural de São Paulo); Fábio Batista de Oliveira, vulgo “Pardal” (natural de São Paulo); Vadenilson Moreira (natural de Diadema-SP), Fábio Santana de Lima e Renan Santo dos Prazeres.

E MAIS…

No levantamento feito pela Segurança do Estado, o bando tem 72 integrantes do Nordeste já identificados, que tem ligações com bandidos de São Paulo, Paraná, Bahia, Tocantins, Pernambuco, Ceará e Mato Grosso. Participaram do assalto em Bacabal, cerca de 30 destes assaltantes

Publicidade Rodapé