Transporte coletivo terá nova tarifa a partir deste sábado, 19 - Blog da Kelly

Publicidade Top

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Transporte coletivo terá nova tarifa a partir deste sábado, 19

Reajuste anual é aplicado às linhas urbana e rural

 por Gil Carvalho

Em virtude dos aumentos expressivos dos insumos básicos, principalmente do preço dos ônibus e do óleo diesel, conforme planilha de custo do Sistema de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Imperatriz, a tarifa do transporte público sofrerá reajuste anual a partir deste sábado, 19.

A tarifa passará de R$ 3,50 para R$ 3,90 nas linhas dos bairros Itamar Guará (01), Vila Fiquene (02), Vila Cafeteira (03), Vila Redenção (04), Santa Rita (05), Parque Alvorada (08), UFMA Bom Jesus (09), Centro Novo (11), Facimp via Bacuri (14), Sebastião Régis (15), Multirão-Vila Lobão (16), Ouro Verde (17), Cacauzinho (19), Bom Jesus-Vila Nova (20). Já a linha 12, do povoado Vila Conceição, passará a custar R$ 7,00 e para o povoado Petrolina R$ 7,75. Decreto autorizando o reajuste foi publicado nesta quarta-feira, 16.

O secretário de Trânsito, Leandro Braga, assinala que após várias tratativas iniciadas no mês de dezembro com a direção da empresa Rio Anil Transportes, Ratrans, que explora o serviço público de transporte coletivo urbano e rural de passageiros em Imperatriz, somente agora foi possível reajustar a tarifa das linhas.

“Foi um aumento considerável de impostos no Maranhão, e no Brasil, condição que ficou inviável a permanência da tarifa em R$ 3,50, situação que em todos os municípios o qual tem transporte público tiveram que reajustar a tarifa”, justifica ele, ao observar que existem cidades no interior do São Paulo com tarifa que chega a R$ 4,75.

Segundo ele, a chamada tarifa-técnica estimava reajuste na ordem de R$ 5,16 nas linhas urbana– considerada elevada para os usuários de Imperatriz, porém ficou definitivo pelo Município que a tarifa I ficará em R$ 3,90. “Tivemos que fazer esse reajuste, caso contrário o sistema de transporte não iria suportar caso ocorrido no passado que culminou com a falência do transporte público”, avalia.

Leandro Braga ressalta que, conforme a planilha de custos houve reajuste no preço do aço, pneus e diesel que chegou a 20% o reajuste no período, devendo aumentar ainda mais por causa do aumento de impostos concedido pelo Governo do Maranhão. “Esse aumento somente vai começar a vigorar no próximo sábado, 19, em Imperatriz”, finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade Rodapé