Deputado Fábio Macedo pede desculpas pelos fatos ocorridos em Teresina e admite problemas com alcoolismo - Blog da Kelly

Publicidade Top

sábado, 9 de março de 2019

Deputado Fábio Macedo pede desculpas pelos fatos ocorridos em Teresina e admite problemas com alcoolismo

Após se envolver em uma grande confusão em Teresina e terminar preso por agressão a um músico e a um policial, o deputado estadual Fábio Macedo (PDT), usou sua página pessoal para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido, pedindo desculpas e admitindo o alcoolismo.

Confira a carta:

Aos maranhenses que me elegeram e confiaram como seu representante, peço as mais sinceras desculpas por meu descontrole emocional na última madrugada, onde após o consumo de bebidas alcoólicas, associadas ao uso de medicações para tratamento de saúde, me envolvi em uma confusão em um bar na cidade de Teresina. Há anos enfrento problemas de depressão e alcoolismo e no momento da confusão estava sem o controle de minhas faculdades mentais e em estado total de embriaguez. Sei que nada justifica minhas atitudes e como homem que sou, assumirei todas as responsabilidade legais e morais. Também peço desculpas à Corporação da Polícia de Teresina, a quem muito respeito e admiro o trabalho.

Chegar a este momento é muito difícil e até doloroso, mas a verdade deve ser dita, não para me justificar ou fugir das responsabilidades, mas para que possam entender o que tenho passado nos últimos anos. Depois da realização de uma cirurgia bariátrica, a qual fui submetido para a retirada de um balão gástrico, que estava me causando várias complicações de saúde, tive novamente uma recaída na depressão, algo com que convivi parte da minha vida e que pensei ter sido superado por completo. Além da depressão, passei a ter problemas com alcoolismo, meu organismo não consegue mais processar o consumo de bebidas corretamente, qualquer quantidade faz com que logo eu perca a razão e o controle emocional, algo que trouxe um peso enorme para minha vida, assim como meus pais, irmãos, esposa e filhos, que todo este tempo tem lutado ao meu lado, me dando forças para continuar seguindo. Infelizmente nos últimos dias tive sucessivas recaídas, algo que não me orgulho. O alcoolismo, assim como a depressão, infelizmente, são doenças graves, desta forma me comprometo em continuar com o tratamento de saúde para superar essa condição.

Fabio Macedo – Deputado estadual

Um comentário:

  1. O Brasil, no campo político etá cheio de alcóoltras. Sobretudo muito conhecido (rsrs)

    “Muito engana-me, que eu compro”

    E o PT®? Qual o poder constante de sua propaganda ininterrupta?
    Eis:
    Vive o PT© de clichês publicitários bem elaborados por marqueteiros.
    Nada espontâneo.
    Mas apenas um frio slogan (tal qual “Danoninho© Vale por Um Bifinho”/Ou: “Fiat® Touro: Brutalmente Lindo”). Não tem nada a ver com um projeto de Nação.

    Eis aqui a superficialidade do PETISMO:

    0.
    “Coração Valente©”
    1.
    "Pátria Educadora©" [Buá; Buá; Buá].
    2.
    "A Copa das Copas®"
    3.
    “Fica Querida©”
    4.
    “Impeachment Sem Crime é Golpe©” [lol lol lol]
    5.
    “Foi Golpe®”
    6.
    “Fora Temer©”
    7.
    “Ocupa Tudo®”
    8.
    “Lula Livre®”
    9.
    “® eleição sem Lula é fraude” [kuá!, kuá!, kuá!].
    10.
    “O Brasil Feliz de Novo®”
    11.
    “Lula é Haddad Haddad é Lula®” [kkkk]
    12.
    “Ele não®”.
    13.
    “Haddad agora é verde-amarelo ®” [rsrsrs].
    14.
    "LUZ PARA TODOS©" (KKKKK).

    15. (...e agora...):
    "Ninguém Solta a Mão de Ninguém ©"

    16.
    "SKOL®: a Cerveja que desce RedondO".

    PT© é vigarista e desgraçado.
    Vive de ótimos e CALCULADOS mitos publicitários.

    É o tal de: “me engana que eu compro”.
    == A FORÇA-TAREFA DA PUBLICIDADE ININTERRUPTA DO PETISMO ==

    ResponderExcluir

Publicidade Rodapé