Câmara aprova símbolo do autismo em placas preferenciais de esbalecimentos - Blog da Kelly

Publicidade Top

terça-feira, 2 de abril de 2019

Câmara aprova símbolo do autismo em placas preferenciais de esbalecimentos


Vereadores de Imperatreiz aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira (02), o projeto de lei 05/2019, de autoria do vereador Adhemar Freitas Júnior (PSC), que obriga estabelecimentos públicos e privados do Município a inserir em placas preferenciais de atendimento o símbolo mundial do autismo. 
O projeto, que segue agora para sanção do prefeito Assis Ramos, coloca Imperatriz entre alguns municípios brasileiros a adotar a obrigatoriedade do símbolo em estabelcimentos como repartições públicas, bancos, supermercados, farmácias, mercados, restaurantes e lojas. 


A aprovação do projeto aconteceu logo em seguida à Tribuna Popular com a Asssociação dos Familiares e Amigos de Pessoas com Autismo de Imperatriz (Afagai), em comemoração ao Dia Internacional do Autismo, 2 de abril. A data visa ajudar a conscientizar a população mundial sobre o Autismo, um transtorno no desenvolvimento do cérebro que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo. Foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 18 de Dezembro de 2007, com o intuito de alertar as sociedades e governantes sobre esta doença, ajudando a derrubar preconceitos e esclarecer sobre o transtorno. 

Inclusão

"Poucas cidades do Brasil aprovaram essa lei e Imperatriz, mais uma vez, sai na frente no Maranhão", comemorou o vereador Adhemar Freitas. 
Segundo ele, "a lei traz dignidade às famílias e pessoas portadoras de autismo, oportunizando que elas possam ser incluídas no meio social, quando estão em bancos, supermercados, no cinema, enfim, em todos os seus atos da vida civil, de lazer, para serem atendidos de forma preferencial".

Atividades

Durante toda a semana haverá atividades de lazer e de conscientização promovidas pela Afagai, informa Ester Cristina da Silva Sousa, presidente da entidade que funciona há e tem mais de uma centena de associados. 
Para ela, a aprovação da lei ajuda a esclarecer à sociedade sobre os transtornos sensoriais enfrentados pelos autistas. "As pessoas acabam não sabendo o que aquela criança tem e acabam julgando as mães, os pais, dizendo que a criança é mal educada, que está fazendo birra. Então agora temos condição de explicar o que aquele símbolo representa. Questões sensoriais são muito presentes no dia a dia dos autistas, como a luz, o som, cheiros, o ambiente, que podem torná-las irritadas, nervosas, inquietas", explica. 
De acordo com Ester Cristina, as famílias dos autitas enfrentam problemas de educação, com a falta de cuidadores nas escolas e também em filas à espera de atendimento em estabelecimentos comerciais, principalmente. 
A luta da Afagai, diz ela, é pela criação de uma clínica-escola para as pessoas com autismo, espaço multidisciplinar para práticas terapêuticas e pedagógicas. 

Autismo

O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) reúne quatro desordens do desenvolvimento neurológico presentes desde o nascimento ou começo da infância. Pessoas dentro do espectro podem apresentar deficiência intelectual, dificuldades de coordenação motora e de atenção. Embora todas as pessoas com TEA partilhem estas dificuldades, cada uma delas será afetada em intensidades diferentes, resultando em situações bem particulares. 
O TEA afeta o comportamento do indivíduo, e os primeiros sinais podem ser notados em bebês de poucos meses. No geral, uma criança do espectro autista apresenta os seguintes sintomas: dificuldade para interagir socialmente, como manter o contato visual, expressão facial, gestos, expressar as próprias emoções e fazer amigos; dificuldade na comunicação, optando pelo uso repetitivo da linguagem e bloqueios para começar e manter um diálogo; alterações comportamentais, como manias, apego excessivo a rotinas, interesse intenso em coisas específicas e dificuldade de imaginação.

Simbolo

O símbolo mundial do autismo é uma fita decorada com de peças de quebra-cabeça coloridas, na qual predomina o azul (cor definida para o autismo) que representa o mistério e a complexidade do autismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade Rodapé