Chuva deixa 400 desabrigados em Imperatriz e causa a morte de uma pessoa Davinópolis - Blog da Kelly

Publicidade Top

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Chuva deixa 400 desabrigados em Imperatriz e causa a morte de uma pessoa Davinópolis

Imperatriz e Davinópolis foram as cidades mais castigadas pelas chuvas nas últimas horas na região tocantina. Na primeira, os riachos, cerca de oito que cortam a cidade, transbordaram provocando o alagamento de dezenas de residências. Na segunda a chuva e a correnteza do Riacho Cacau chegaram a deixar a cidade isolada por algumas horas. Três pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros, foram arrastadas pela enxurrada. Duas conseguiram ser resgatadas, a terceira não teve a mesma sorte e morreu.

Bombeiro confirma morte em Davinopólis
Diante da situação os gestores das duas cidades, Assis Ramos (Imperatriz) e Raimundo Coquinho (Davinópolis) decretaram “ estado de emergência”


Em Imperatriz, segundo o Corpo de Bombeiros, a região mais atingida é a do Parque Alvorada (foto) onde é grande o número de pessoas atingidas.
“Corrente do Bem”- Solidária, a população tem se juntado ao poder público na ajuda aos atingidos das duas cidades. Igrejas, ONG, entidades de classe anunciam pelas redes sociais pontos de coleta de donativos.

Imperatriz- Alerta, a Defesa Civil de Imperatriz passou a manhã inteira visitando os locais mais críticos da cidade para implementar o apoio necessário a quem estivesse precisando de ajuda. Algumas dessas visitas foram acompanhadas pelo prefeito Assis Ramos.

Até o momento, segundo o superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão são 2500 pessoas atingidas e 400 desabrigadas.


Foram montados quatro pontos de apoio para receber os desabrigados: Parque de Exposições, o Ginásio Esportivo do Parque Alvorada, a Paróquia Menino Jesus (Vila Nova) e as Escola Estadual Amaral Raposo (Parque Alvorada)


O superintendente da Defesa Civil informou ainda que a chuva de quinta, 4, para sexta 6, foi a maior dos últimos dez anos e que ainda deve chover muito neste final de semana, segundo dados coletados pelo órgão que dirige no serviço de meteorologia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade Rodapé