Secretário de Infraestrutura esclarece sobre evolução do PAC-II e plano emergencial após inundações - Blog da Kelly

Publicidade Top

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Secretário de Infraestrutura esclarece sobre evolução do PAC-II e plano emergencial após inundações

As obras de melhorias pela cidade avançaram na gestão Assis Ramos

O secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Zigomar Filho, prestou esclarecimentos nesta terça-feira, 09, no plenário da Câmara de Vereadores sobre os investimentos realizados pelo governo Assis Ramos para melhorar a infraestrutura dos bairros e povoados de Imperatriz. Ele destacou que foram realizados pelo menos dez quilômetros de pavimentação de ruas e avenidas, citou por exemplo, o bloqueteamento da Rua São João, no Parque das Estrelas.

Também enumerou a construção de três pontes em concreto armado sobre o riacho Capivara, região do grande Santa Rita; outras duas na Rua Marechal Rondon e Guarani, sobre o riacho Bacuri, Vila Redenção II, e a construção da ponte com vigas pré-moldadas na Rua Padre Cícero, Santa Rita. Objetivo é substituir antigas pontes de madeira por concreto. “Embora ainda esteja em fase de conclusão a obra da ponte da Rua Padre Cícero, o problema de alagamento nesta área foi minimizada com a substituição da antiga bueira pela ponte com vigas pré-moldadas”, observou.

Em relação ao andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento, PAC-II, em execução desde 2011, o secretário explicou que o prefeito Assis Ramos teve que ir, por várias vezes, em São Luís e Brasília para conseguir destravá-lo. “A obra está em plena execução, avançamos na construção do emissário de esgotamento sanitário que é diferente da rede de abastecimento de água, ou seja, primeiro se constrói os emissários e, posteriormente, ligações domiciliares”, detalhou.

Zigomar Filho assinalou que, há 15 dias se reuniu com a chefe da unidade local do DNIT, Marlice Magalhães, engenheiros e técnicos responsáveis pela obra de duplicação da travessia urbana da BR-010, em Imperatriz, para solicitar autorização para interligar a rede do emissário de esgotamento sanitário do PAC-II. “Esse emissário sai do Bacuri (ali na altura do cruzamento das ruas Henrique Dias com a Dom Pedro I) até a Estação Elevatória de Esgoto (EEE-3) na Vila Nova”, frisa.

Segundo ele, depois da conclusão da rede de esgotamento sanitário, a Prefeitura de Imperatriz iniciará a segunda etapa de intervenções, de acordo com o projeto, que prevê pavimentação asfáltica de 32 quilômetros de ruas, construção de calçadas, meios-fios e sarjetas. Também consta a implantação de sinalização horizontal e vertical.

DRENAGENS – A execução de obras de drenagens nestes dois anos do governo Assis Ramos contribui para reduzir pontos de alagamentos, evitando transtornos à população de alguns bairros de Imperatriz. “Temos executado nesta gestão seis quilômetros de drenagem profunda e dez quilômetros de drenagem superficial (sarjetas) permitindo o escoamento da água pluvial”, afirma.

Ele anunciou que ações até o final do ano estão voltadas para melhorias das vias públicas. Para isso, está em andamento processo de licitação para recuperação e pavimentação de vias urbanas dos bairros de Imperatriz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade Rodapé