RIBAMAR FIQUENE Vereador João Macedo denuncia aquisição de produtos e superfaturamento do transporte escolar - Blog da Kelly

Publicidade Top

sexta-feira, 28 de junho de 2019

RIBAMAR FIQUENE Vereador João Macedo denuncia aquisição de produtos e superfaturamento do transporte escolar

O vice-presidente da Câmara Municipal de Ribamar Fiquene, vereador João Macedo, destacou a realização da sessão itinerante realizada sexta-feira, dia 21, na localidade do Canto da Mata, onde expôs documentos sobre a situação do município em relação à aquisição de materiais para reforma de escolas, porém nunca foram entregues à Prefeitura.
Segundo ele, os materiais foram adquiridos no mês de fevereiro (dias 6 e 12) deste ano pelo município que não apresentou uma solução para o problema que foi mostrado à comunidade do povoado Canto da Mata. “Não tiveram coragem de dizer nada na sessão itinerante, pois a mercadoria foi paga e a mercadoria não foi entregue para beneficiar à população estudantil”, disse.
O vereador João Macedo observou que existem escolas com telhado ruim, sem água e cheio de mato, colocando em risco a segurança das crianças e dos adolescentes que estudam nas escolas da zona rural do município de Ribamar Fiquene.

“Transporte escolar tem valores superfaturados”, diz João Macedo 
O vice-presidente da Câmara Municipal de Ribamar Fiquene denunciou ainda o superfaturamento dos ônibus utilizados no transporte escolar dos alunos da zona rural. “Esses recursos estão sendo retirados do Fundef, pois existem ônibus contratados por R$ 17 mil mensal e micro-ônibus por R$ 15 mil, sendo que o valor de mercado dos ônibus seria R$ 6 mil e micro-ônibus R$ 5 mil”, comparou.
João Macedo diz que mostrou a verdade, porém o Poder Executivo não se manifestou sobre a denúncia, deixando à comunidade estudantil a mercê, alvo de várias reclamações sobre a péssima qualidade do serviço prestado pelos ônibus de transporte escolar. “Vamos continuar cobrando e denunciando essa situação que é considerada bastante crítica, afetando diretamente crianças e adolescentes que dependem desse transporte para chegar à escola”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade Rodapé