Presidente do PP diz que filiações fortaleceram o partido - Blog da Kelly

Publicidade Top

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Presidente do PP diz que filiações fortaleceram o partido

O presidente municipal do Partido Progressista-PP, Frederico Angelo, demonstrou  contentamento com o evento de filiações realizado sábado pela manhã, na casa do ex-prefeito Ildon Marques, que é pré-candidato este ano. Segundo o dirigente, a presença de filiados e simpatizantes da candidatura do ex-prefeito superou todas as expectativas.
"Posso adiantar a você que nós estávamos esperando entre 40 e 50 pessoas ao ato de filiações e estiveram presentes mais de duzentas, o que demonstra que o projeto político do nosso partido é sólido e tem tudo para ser vitorioso este ano com o nosso pré-candidato Ildon Marques", disse ele.
Para Frederico, o fato das adesões obtidas de lideranças como pré-candidatos a vereador, que chegou ao número de dez, mostrou que está no caminho para que em outubro sejam eleitos, não só o prefeito, como também uma forte bancada de vereadores. "Não estamos negociando com pré-candidatos a vereador, pois não é esta forma com a qual Ildon faz política, e mesmo assim, estamos atingindo o número ideal de bons candidatos", frisou.
Ele aproveitou para agradecer as presenças de vereadores, como Fábio Hernandez, e dirigentes de outros partidos, como a vereadora Maura Barroso, e argumentou que não foram como novos filiados e sim como políticos que mantêm o bom relacionamento com a classe política.
No entanto, ele não descartou a ida de vereador de mandato para o PP, com a chegada da janela de transferência que começa em março e terminará em abril. "É claro que hoje, não são filiados, mas já há vereador disposto a participar do nosso projeto e isso poderá ser concretizado na janela de transferência a partir de março", enfatizou, sem mencionar qual seria o vereador que pode ser candidato pelo PP.
O presidente da agencia Metropolitana do Governo do Estado reafirma que o ex-prefeito vai mesmo disputar a eleição como candidato a prefeito e que dificilmente haverá unificação com o deputado estadual Marco Aurélio, que também deverá ser candidato, o que determinará ao governador Flávio Dino neutralidade na eleição de Imperatriz em função de duas candidaturas aliadas. (Willian Marinho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade Rodapé