Câmara Municipal aprova definitivamente o orçamento 2020 e inicia as sessões do novo período legislativo - Blog da Kelly

Publicidade Top

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Câmara Municipal aprova definitivamente o orçamento 2020 e inicia as sessões do novo período legislativo


Sidney Rodrigues – ASSIMP
Foto – Sidney Rodrigues
Na manhã desta terça, 04, Após o início da sessão solene do retorno de um recesso que não aconteceu - pois houveram reuniões durante todo o mês de janeiro - os vereadores de Imperatriz iniciaram os trabalhos discutindo a matéria do projeto da lei ordinária Nº 020/2019 de autoria do poder executivo que estima receitas e fixa despesas do município para o exercício financeiro de 2020.
A votação foi feita em duas vezes, através de quebra de interstício, juntamente com todas as emendas aprovadas nas diversas comissões da casa legislativa, após o retorno da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e do PPA (Plano Plurianual) sancionados pelo prefeito sem vetos.  Todos os vereadores votaram sim e a proposta de R$ 820 milhões para o orçamento deste ano foi aprovada por unanimidade.
O presidente José Carlos (Patriota) em seu voto deixou claro que não confia nem acredita nesta gestão que para ele está contratando empresas do Piauí e do Pará em detrimento às de Imperatriz; desviando recursos do FUNDEF de forma vergonhosa; fazendo gastos astronômicos com o dinheiro público; deixando faltar remédios nos postos de saúde; fazendo publicidade pessoal; humilhando professores, crianças e mulheres.
“Por ser ditador, perseguidor, medíocre e não ter mais a confiança da cidade, mesmo assim votarei sim. Não temos medo das mulas pagas, nem daqueles que vieram em ônibus para esta casa vaiar vereadores, nem daqueles que mentiram dizendo que se o orçamento não fosse votado ninguém receberia salários e a cidade iria parar. Tudo de ruim que está acontecendo é em razão da má administração que há 6 meses não paga laboratórios, médicos, prestadores de serviço, credores e prestigiando somente as empresas de fora. Não conhece nada da cidade e deixa as firmas daqui fora das licitações. Mesmo com tudo isso, em nome da sociedade imperatrizense, digo sim ao orçamento, para ser (ou não) sancionado”, disse.
Para a maioria dos vereadores a Câmara impediu o executivo de endividar a cidade por décadas, pois haviam pedidos de empréstimos sem origem e sem destinação em ano eleitoral, o que foi retirado pelos legisladores. 
E assim foi encerrado oficialmente o 6º período da 18º legislatura, acontecendo em seguida 0 7º e penúltimo período desta vereança, que seria com a fala do prefeito ou de algum representante, e devido à ausência foi dada continuidade pelo cerimonialista Francisco Brandão com a execução do Hino Nacional Brasileiro, momento ecumênico devocional com Cláudia Batista e Fátima Avelino. Em seguida a Tribuna Freitas Filho foi aberta aos vereadores que fizeram uso da fala, onde cada um colocou suas expectativas para o período iniciado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade Rodapé